Robert Capa: um dos fotógrafos de guerra mais respeitados até hoje

Robert Capa é um nome fortíssimo na área fotográfica. Nascido na Hungria em 1913, Endre Ernő Friedmann mudou seu nome para fugir do nazismo e tornou-se um dos fotógrafos de guerra mais respeitados até hoje. Ele esteve presente em fatos como:

– A Guerra Civil Espanhola, de 1936 à 1939 (aqui ele fez uma de suas fotos mais famosas, “A morte de um miliciano” mostrando o sujeito levando um tiro);
– Segunda guerra Mundial, de 1941 à 1945;
– A guerra Árabe-israelense de 1948; e
– Finalmente a primeira guerra da Indochina de 1946 à 1954, quando o destemido fotógrafo perdeu sua vida pisando em uma mina terrestre.

O livro “Ligeiramente fora de foco” é de autoria de Capa. No livro ele narra acontecimentos de quando era correspondente na segunda Guerra Mundial. É uma leitura fácil, você se sente entusiasmado e quer saber o que vai acontecer em cada página seguinte, porém, é uma narrativa sobre acontecimentos terríveis da nossa história e Capa conseguiu misturar seu humor para rir de si nas situações cabíveis e mostrar com bastante veracidade e profundo respeito aos eventos de extrema violência que presenciou.

Os “ajustes” feitos por Capa para que o livro se tornasse um romance interessante são perfeitos. Não existem mentiras na narrativa, mas alguns fatos são ligeiramente distorcidos para fazer com que tudo se encaixe durante a leitura. Isto é falado no prefácio do livro e pode explicar o seu nome, porque simplesmente não existem fotos fora de foco.


Clique aqui e saiba mais sobre o Blink Studio. Entre em contato e venha nos fazer uma visita!